sábado, 1 de agosto de 2015

Meus pais não confiam em mim

 Hey Girlss! Hoje o post é de dicas pra ter a confiança dos pais, bom esse não é um problema aqui em casa minha mãe confia muito em mim e sabe que eu tenho consciência dos meus atos e escolhas.  
  Todo mundo já sabe que os pais de vez em quando exageram mas na maioria das vezes eles estão certos em se preocupar. Mas eu vejo várias amigas minhas que nunca podem sair, viajar ou até mesmo ter um simples namoro, sabe aqueles primeiros namoradinhos? Então.




Uma boa dose de sinceridade; Você já pensou em sentar na sala com seus pais e conversar sobre como você se sente? Fala que eles precisam confiar na criação que te deram, que você precisa de ter algumas experiencias na vida mesmo que seja pra quebrar a cara. 
Na hora de pedir pra sair obedeça os horários que eles te derem porque depois de verem que você  tem responsabilidade com isso os horários vão ficando maiores e a confiança também!

''Namorar? Você é muito nova''; Essa frase só deve ser ouvida por nós meninas não é mesmo? Mas se você realmente quer namorar  porque não tenta conversar com seus pais e chegar a um acordo? Namorar em  casa não deve ser ruim assim... 

Resumindo gente, só é preciso você conversar com os seus pais e entender o lado deles, mudar algumas atitudes pra que eles possam ver seu amadurecimento ! 

beijos da dani 

13 comentários:

  1. Meus pais nunca foram de cobrar sobre minhas atitudes, desde que completei 15 anos,já saia sozinha para passeios, nunca fui de esconder nada da minha mãe até por que ela vai ser a única que te apoia de verdade. Acho pior parte de viver é quando vai apresentar o namorado aos pais, porém os meus pais foram gentis, recentemente viajei com a família do meu namorado para Fortaleza, tudo graças a ela, você pode até achar sua mãe o pior ser humano da terra, ficar sem falar com ela por 3 ou 4 semanas (já fiz isso). Não sei se é por que minha mãe nasceu com um parafuso a menos ou bateu a cabeça no berço.
    Belo texto, parabéns.

    euablogueirapobre.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também já fiquei sem falar com a minha mãe mas isso não realmente não funciona em nada.
      beijos

      Excluir
  2. Ótimo post! Acho que o segredo é conversar! Eu sempre fui livre, os meus pais sempre confiaram em mim e eu nunca tive muito esses problemas. Mas no dia em que tive o meu primeiro namorado o meu pai ficou um bocado rabugento e começou com aquela proteção de pai. Bastou conversar a sério e fazê-lo perceber que eu estava feliz com ele que ele entendeu e, hoje em dia, apesar de já estar solteira novamente, o meu pai adora o meu ex namorado!
    http://bloguedacatia.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal hehe, acho que pra minha mãe não vai ser nem um pouco agradável saber de um possível namoro.
      beijo

      Excluir
  3. Realmente fazer os pais confiarem em nós nem sempre é fácil, mas com boas atitudes tudo dá certo :)

    http://heyimwiththeband.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Lá está ! Conversar é sempre a solução ;)
    Embora no meu caso por muito que conversa-se só piorava a coisa, então tinha que esconder o que ainda fazia pior que contar porque eu era sempre descoberta pela minha mãe que tinha um faro incrível para as minhas mentirinhas piedosas...
    Para mim só mesmo aos 18 é que consegui um pouco de liberdade e apresentar o meu primeiro namorado ao meu pai (entretanto os meus pais separaram-se) e por acaso correu tudo bem, o meu pai com o tempo foi adorando-o e quando eu e o meu namorado acabamos ele continuo a falar-lhe e a chatear-me para voltar para ele ahahaha.
    Só mesmo para dizer que quem tem pais super hiper mega severos, tenham calma, se não fizerem certas coisas com os vossos 15 anos fazem com 18 porque é com os 18 que vem um pouco de liberdade à vossa vida, mas também responsabilidades a dobrar, acreditem !
    Beijinho,
    Blog K of Kawaii | @k_of_kawaii on Instagram

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso ai mesmo Vanya só aos 18
      beijos

      Excluir
    2. Verdade, você passa por responder pelo seus atos. Começa a ter aquela pressão de qual curso escolher, de trabalhar, de se tornar independente, mas se você continuar de baixo das assas dos pais, seus 18 anos são apenas números.
      Digamos que a vida é sua, mas o dono do seu nariz é seus pais.

      Excluir
  5. Bom post acho que o diálogo entre nós e os pais e essencial.
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderExcluir

Obrigado por ler!
Fico feliz com seu comentário!
Deixe o link do seu blog para que eu possa retribuir a visita, lembrando que não pode deixar só o link!
Volte sempre e um Beijão da Dani!